Cineclubes “A Saga Rosa”





Bem-vindos a mais uma sessão de Cineclubes.

Hoje, apresento-vos uma curta metragem que faz furor na nossa praça, "A Saga Rosa".
Uma peça baseada num sonho de um governante de Lagos, que um dia se imaginou siciliano.

Na pele de Padrinho, decretou distribuir prendas pelos afilhados, à semelhança de outros padrinhos que não se cansaram de presentear aqueles que mais estimavam, em nome da rosa.

Para conferir dignidade e valor às prendas, seleccionaram as mais importantes instituições lacobrigenses. Lá está o Carreiro de pedra e cal no CASLAS, o Baptista na Cruz Vermelha, e outros protegidos desempenhando cargos decisivos numa rede de clubes. Mas em época natalícia, há que ser generoso. E os felizes contemplados foram:

Pedro Cruz, para Vice Provedor da Santa Casa da Misericórdia, com vista a substituir o actual Provedor muito em breve. lagos lucinda anino santos mesa redonda caslas caslas caslas caslas casa de santo amaro caslas maltrata deficientes
Paulo Jorge Reis, para Comandante dos Bombeiros, e para que o Paulo não fique desamparado, o Padrinho estuda a hipótese de oferecer a Carlos Pires o lugar de Presidente da Direcção da Associação dos Bombeiros Voluntários de Lagos, uma vez que Tavares já cumpriu a sua missão. mesa redonda, santo amaro casa, caslas, deficiente, lagos, lucinda anino santos, mesa redonda, santo amaro casa, caslas, deficiente, caslas, deficiente, lagos, caslas, deficiente, lagos, lucinda anino santos caslas caslas caslas caslas caslas
"A Saga Rosa" continua, porque há mais clubes para conquistar e mais afilhados para agraciar.


Share/Save/Bookmark Adicionar esta notícia no Linkk Atalho Virtual





Sem comentários:

Publicar um comentário